Clima: China vai deixar de construir centrais de carvão no estrangeiro

Clima: China vai deixar de construir centrais de carvão no estrangeiro

A China vai deixar de construir centrais a carvão no estrangeiro para lutar contra o aquecimento global, anunciou o presidente chinês, Xi Jinping, ao discursar na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU)

“A China vai reforçar o seu apoio aos outros países em desenvolvimento, para favorecer as energias verdes, e vai deixar de construir centrais de carvão no estrangeiro”, disse, durante um discurso por vídeo, que tinha sido gravado.

Várias organizações não governamentais têm pressionado Pequim a deixar de financiar estes projetos no estrangeiro.

O enviado dos EUA para as alterações climáticas, John Kerry, tinha ido mais longe, durante uma viagem à China, no início deste mês, estimando que a construção permanente de centrais de carvão no país asiático ameaça reduzir a nada os esforços mundiais de luta contra as alterações climáticas.

Na ocasião disse ter solicitado aos dirigentes chineses que parassem totalmente com estas construções, “para não arruinar a capacidade do mundo atingir a neutralidade carbónica até 2050”.

Xi reafirmou os compromissos chineses: neutralidade carbónica “antes de 2060” e atingir um m+máximo de emissões “antes de 2030”.

Related posts
MundoPolítica

Coreia do Norte qualifica disparo de míssil como "exercício legiítimo de autodefesa"

Mundo

CS da ONU fará reunião de emergência sobre a Coreia do Norte

PolíticaTimor-Leste

ONU em Timor-Leste para avaliar necessidades para ciclo eleitoral

MundoPolítica

ONU enviará observadores eleitorais à Venezuela

Assine nossa Newsletter