Moçambique recupera da queda de 1,3% em 2020 e cresce 2,8% este ano

Moçambique recupera da queda de 1,3% em 2020 e cresce 2,8% este ano

A consultora Fitch Solutions antevê que a economia moçambicana acelere para um crescimento de 2,8% este ano, bem abaixo da média de 5,5% da última década, mas recuperando da contração de 1,3% no ano passado

“Prevemos que o PIB de Moçambique cresça 2,8% este ano, e que o Governo não vá implementar medidas de confinamento tão duras como as que foram aplicadas no segundo trimestre”, lê-se num comentário aos dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística de Moçambique no final de agosto, que revelam um crescimento de 2% no segundo trimestre deste ano, que se segue a uma expansão de apenas 0,1% nos primeiros três meses do ano, ambos face ao período homólogo.

No comentário, enviado aos clientes desta consultora detida pelos mesmos donos da agência de notação financeira Fitch Ratings, lê-se que, devido ao abrandamento das medidas de confinamento, e consequente da queda do PIB de 1,3% em 2020, “as condições do mercado laboral vão continuar a melhorar gradualmente, fortalecendo o rendimento disponível das famílias e a confiança dos consumidores, o que levará a uma recuperação moderada do consumo privado”.

A despesa pública, acrescentam os analistas na nota a que a Lusa teve acesso, vai também aumentar, nomeadamente no combate à insegurança em Cabo Delgado e na compra de vacinas contra a pandemia de covid-19, o que vai animar a atividade económica.

Moçambique recupera da queda de 1,3% em 2020 através da despesa pública, mas também pela retoma nas principais exportações de Moçambique sustenta a previsão de recuperação económica este ano.

“A produção nacional de carvão deverá recuperar de uma contração de 16,9% em 2020 para um crescimento de 10,6%, com as principais mineiras a retomarem as operações, e os preços do alumínio deverão também registar uma forte subida, de 1.731 dólares por tonelada para 2.300 este ano, o que apoia uma recuperação robusta das exportações este ano”, apontam os analistas.

Na segunda-feira, o Instituto Nacional de Estatística moçambicano divulgou que o PIB cresceu 1,97% no segundo trimestre deste ano face ao mesmo período de 2020.

É o segundo trimestre consecutivo de crescimento, após uma subida de 0,12% no primeiro trimestre de 2021, sinalizando uma recuperação face à crise provocada pela pandemia de covid-19.

“O desempenho da atividade económica no segundo trimestre de 2021 é atribuído em primeiro lugar ao setor terciário, que cresceu 2,82%, com maior destaque para o ramo da Hotelaria e Restauração com uma variação de 4,03%”, nota o INE.

Moçambique recupera da queda de 1,3% em 2020, prevendo o Orçamento do Estado para 2021 um crescimento da economia de 2,1%, mas o documento foi aprovado no final de 2020, três meses antes da suspensão por tempo indeterminado do projeto de gás da TotalEnergies no norte do país, devido à insegurança na província de Cabo Delgado.

Related posts
MundoSociedade

Costa do Marfim diz que primeira paciente de Ébola desde 1994 está recuperada

AngolaEconomia

Angola passa de défice a excedente nas contas públicas este ano

EconomiaMacau

Receitas de Macau só deverão regressar aos níveis pré-covid em 2024

EconomiaMundo

Reserva Federal dos EUA aponta para crescimento mais forte da economia americana

Assine nossa Newsletter