EUA impõem duras sanções e apertam cerco a Lukashenko - Plataforma Media

EUA impõem duras sanções e apertam cerco a Lukashenko

Os Estados Unidos impuseram esta segunda-feira as sanções mais duras até agora à economia bielorrussa e estabeleceram as bases para endurecer ainda mais as restrições, numa tentativa de reforçar o cerco ao Presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko.

No aniversário dos protestos antigovernamentais contra a fraude eleitoral na Bielorrússia, Washington sancionou a Belaruskali – uma das maiores empresas de fertilizantes do mundo – e o Comité Olímpico Nacional da Bielorrússia, bem como figuras e empresas importantes nos setores de energia, construção e tabaco.

“Os atos do regime de Lukashenko constituem uma tentativa ilegítima de reter o poder a qualquer custo”, denunciou o Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, num comunicado.

Em coordenação com o Canadá e Reino Unido, que também anunciaram hoje novas medidas, o Departamento do Tesouro norte-americano impôs um pacote mais abrangente de sanções de sempre à Bielorrússia, que pune um total de 44 empresas e cidadãos bielorrussos.

Além disso, Biden assinou um decreto que autoriza a imposição de futuras restrições àqueles que operam em setores estratégicos da economia bielorrussa, incluindo nas áreas da defesa, segurança, energia, potássio, tabaco, construção ou transporte, explicou a Casa Branca.

As sanções foram impostas pelo suposto papel dessas personalidades e empresas “nos ataques à democracia e aos direitos humanos, bem como à repressão” também fora das fronteiras da Bielorrússia e à corrupção”, frisou Biden.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
EconomiaMundo

Metade dos gastos do Pentágono desde 2001 foi para empresas da área da Defesa

MundoPolítica

EUA anunciam retirada de mais 32 pessoas, 21 delas norte-americanas

ChinaPolítica

Biden garante a Xi Jinping querer evitar conflito involuntário China-EUA

MundoPolítica

EUA fazem ataque no Afeganistão após atentado e matam membro do Estado Islâmico

Assine nossa Newsletter