Covid-19: Macau entra em estado de prevenção imediata

Covid-19: Macau entra em estado de prevenção imediata

Deram positivo os testes de ácido nucleico feitos aos dois residentes de Macau que desde ontem se encontravam em observação médica, avança a Ou Mun Tin Toi.

Os dois tinham sido considerados contactos próximos de infectados com a COVID-19 depois de terem visitado Zhuhai entre o dia 31 de Julho e dia 1 de Agosto.

Contactaram “com duas pessoas provenientes de outras províncias e cidades” que, por seu turno, “tiveram contacto com um caso confirmado ou assintomático de COVID-19”.

Macau entra em estado de prevenção imediata

Conforme o despacho do Chefe do Executivo e de acordo com a avaliação do Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, Macau está em risco de sofrer um surto do novo tipo de coronavírus na comunidade. De forma a evitar a transmissão do novo tipo de coronavírus em Macau e assegurar a vida e bens dos residentes, nos termos dos artigos 9.º, n.º 1 e 11.º, n.º 1, alínea 7) da Lei n.º 11/2020 (Regime jurídico de protecção civil), declara-se a Região Administrativa Especial de Macau no estado de prevenção imediata a que se refere o artigo 8.º, alínea 3) da Lei n.º 11/2020, a partir das 15:30 horas do dia 3 de Agosto de 2021.

Related posts
MacauSociedade

Família impedida de se despedir de ente falecido

Eleitos

Aprender com as lições do caos pandémico

ChinaMacau

COVID-19: Macau regista 6 casos de infecção e uma vítima mortal

Eleitos

Ajustar a prevenção pandémica de acordo com as políticas nacionais

Assine nossa Newsletter