FMI: Portugal cai no ranking internacional dos apoios covid apesar de ajudas terem subido em valor - Plataforma Media

FMI: Portugal cai no ranking internacional dos apoios covid apesar de ajudas terem subido em valor

Portugal recebeu um elogio do Fundo Monetário Internacional por ter prolongado o programa de apoio à liquidez das empresas devido à quarta vaga, em maio.

Em janeiro deste ano, estava a terceira e mais violenta vaga da pandemia a começar, Portugal ocupava o 23º lugar num ranking do Fundo Monetário Internacional (FMI) – com 47 países desenvolvidos ou de grande dimensão – que avalia os pacotes de medidas de apoio à economia contra os efeitos da covid-19. Todos os valores considerados são cumulativos e contam desde o início de 2020, quando começou a pandemia.

Três meses depois, no retrato tirado em abril, Portugal caiu para a posição 29.

E na edição intercalar do outlook e do monitor orçamental do FMI, atualizados a 27 julho passado, o esforço do país desceu novamente na lista internacional, ocupando agora o 32º lugar no grupo de países abordados, mesmo tendo subido ligeiramente em proporção do produto interno bruto (PIB).

Isto é, Portugal apoiou um pouco mais (desde abril), mas foi menos audacioso quando comparado com outros governos no grupo dos 47 analisados.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
ChinaEconomia

BM acusa diretora do FMI de pressionar para melhorar dados sobre China

EconomiaMundo

FMI aprova oficialmente aumento da sua capacidade de empréstimo

AngolaEconomia

FMI discute com Angola alternativas após fim do programa de assistência financeira

AngolaEconomia

FMI avalia programa de Angola “no bom caminho”, mas com “riscos elevados”

Assine nossa Newsletter