O embargo americano a Cuba e por que se sustenta há 60 anos - Plataforma Media

O embargo americano a Cuba e por que se sustenta há 60 anos

Discussão sobre bloqueio voltou à tona após protestos ocorridos na ilha comunista.

Os protestos que eclodiram em Cuba em 11 de julho deram destaque para o embargo comercial e econômico que os EUA impuseram à ilha há seis décadas e que se mantém até hoje.

O líder da ditadura cubana, Miguel Díaz-Canel, enfatizou o discurso de que os problemas do país têm origem no bloqueio, reiteradamente condenado por organismos internacionais. Para os opositores do regime comunista, o embargo é usado como pretexto para mascarar a ineficiência do Estado e justificar a repressão.

Veja aqui quais são os principais pontos dessa questão:

O que é o embargo? Um emaranhado de legislações, algumas por iniciativa do Congresso americano, outras do Executivo, que começaram a ser implementadas na década de 1960 como forma de retaliação política às mudanças postas em prática pela Revolução Cubana —sendo a principal a desapropriação de terras, muitas de posse dos americanos, para fins de reforma agrária.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter