Estado Islâmico reivindica ataque suicida com 28 mortos em Bagdade

Estado Islâmico reivindica ataque suicida com 28 mortos em Bagdade

O grupo jiadista Estado Islâmico reivindicou o ataque suicida que causou a morte de 28 pessoas junto a um mercado em Bagdade, na véspera do feriado muçulmano Eid al-Adha

Através de uma mensagem na rede social Telegram, o Estado Islâmico (EI) revelou que o ataque foi executado por um homem bomba, que fez explodir um cinto de explosivos, notícia a agência AFP.

Cerca de 30 pessoas, incluindo mulheres e crianças, morreram, e dezenas ficaram feridas no ataque no subúrbio de Bagdade.

Segundo fontes hospitalares e de segurança registam-se ainda entre 30 a 50 feridos.

A explosão ocorreu ao final da tarde num dos mercados populares de Sadr City.

No local, policias e equipas de investigação interrogaram testemunhas e alguns moradores juntaram-se e acenderam velas no local da tragédia, segundo revelou um fotógrafo da agência AFP.

Leia mais em Jornal de Notícias

Related posts
MundoPolítica

Estado Islâmico e Al Qaeda ganham influência em África em 2021 - Estudo

ChinaFuturo

Pequim lança ataque público às gigantes de tecnologia

MundoPolítica

Biden pede 'coragem' à comissão do Congresso que investigará ataque ao Capitólio

MundoPolítica

EUA lança bombardeios contra 'milícias apoiadas pelo Irão' na fronteira Iraque-Síria

Assine nossa Newsletter