Projeto da baía de Moçâmedes vai custar 600 milhões de dólares norte-americanos - Plataforma Media

Projeto da baía de Moçâmedes vai custar 600 milhões de dólares norte-americanos

O Projeto de Desenvolvimento Integrado da Baía de Moçâmedes (Namibe) vai, nos próximos tempo, mobilizar homens e máquinas para transformar e torná-la num “ex-libris” da região sul de Angola e por sinal, um dos maiores empreendimentos a ser construído na província do Namibe, considerou o ministro dos Transportes.

Ricardo D´Abreu realçou que a visita ao Namibe, visou por outro lado celebrar, uma vez mais, a parceria viável entre japoneses e angolanos e por último, reconhecer o esforço de homens e mulheres abnegados para proporcionar benefícios às comunidades residentes, ou trabalhadoras, na região sul de Angola.

O consórcio TTC / TOA empregará durante o período de 35 meses cerca de 500 angolanos, 80 japoneses e filipinos. Empresas subcontratadas, fornecedores e logística envolve mais de mil de trabalhadores angolanos, num orçamento de aproximadamente 600 milhões de dólares norte-americanos.

Quanto à formação e desenvolvimento de competências, este projecto inclui um período de formação de 3 meses para cada porto (na fase final de construção). A implementação pelo Empreiteiro do Programa de Treinamento e Desenvolvimento de Competências para equipamentos portuários importantes, tais como gruas de contentor, navio de operação e radar, permitirá criar capacidade e experiência do pessoal portuário.

Leia mais em Jornal de Angola

Assine nossa Newsletter