Vacina da Janssen "aumenta risco" de desenvolver doença rara do sistema nervoso

Vacina da Janssen “aumenta risco” de desenvolver doença rara do sistema nervoso

Agência norte-americana do medicamento confirma que já foram identificados 100 casos da síndrome de Guillain-Barré

agência reguladora de medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês) atualizou esta segunda-feira os avisos sobre a vacina da Janssen contra a Covid-19. O regulador norte-americano alerta que o fármaco aumenta o risco de desenvolvimento da síndrome de Guillain-Barré, noticia a AFP.

De acordo com a agência norte-americana, foram identificados 100 casos da doença rara após a administração de 12, 5 milhões de doses da vacina produzida pela Johnson & Johnson. Dos 100 casos reportados, 95 foram considerados graves e obrigaram à hospitalização dos doentes. Pelo menos uma pessoa morreu com a doença rara.

A síndrome de Guillain-Barré é um distúrbio neurológico no qual o sistema imunitário danifica as próprias células nervosas. Os principais sintomas são fraqueza muscular e, em casos graves, há registo de paralisia.

Leia mais em TSF

Related posts
MundoSociedade

América Latina pode enfrentar 'avalanche de problemas de saúde' devido à Covid

MundoSociedade

Hospitais de Banguecoque lotados devido a forte surto da doença

MundoSociedade

Milhares de estrangeiros abandonam Indonésia

PortugalSociedade

EUA voltam a colocar Portugal na lista de destinos a "evitar viajar"

Assine nossa Newsletter