Ensaios não clínicos da vacina portuguesa mostraram "elevada segurança e eficácia" - Plataforma Media

Ensaios não clínicos da vacina portuguesa mostraram “elevada segurança e eficácia”

A biotecnológica portuguesa Immunethep anunciou, esta terça-feira que os ensaios não clínicos da sua vacina contra o coronavírus já terminaram e demonstraram “uma elevada segurança e eficácia” numa infeção letal por SARS-CoV-2.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a empresa sediada em Cantanhede, no distrito de Coimbra, refere que nos ensaios não clínicos foram usados como modelo animal os ratinhos transgénicos k18-hACE2 que, infetados com o coronavírus, desenvolvem uma doença semelhante aos humanos.

Citado no documento, o cofundador e diretor científico da Immunethep afirma que, “através destes ensaios não clínicos e da taxa de sobrevivência de 100% observada, foi possível confirmar a eficácia da vacina em infeções letais por SARS-CoV-2″.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter