Lázaro faria parte de organização criminosa com fazendeiros e políticos, diz delegada - Plataforma Media

Lázaro faria parte de organização criminosa com fazendeiros e políticos, diz delegada

A Polícia Civil investiga se Lázaro Barbosa, de 32 anos, fazia parte de uma organização criminosa envolvendo empresários, fazendeiros e políticos. Após fugir por 20 dias, o criminoso foi morto em um confronto com a polícia em Águas Lindas de Goiás no último dia 29.

“Nessa organização criminosa, a gente já levantou que pessoas importantes participam dela”, contou a delegada Rafaela Azzi em entrevista ao Fantástico, da TV Globo. Um dos suspeitos é o fazendeiro Elmi Caetano que, de acordo com as investigações, ajudou a esconder Lázaro em uma de suas propriedades.

Leia mais em Istoé

Assine nossa Newsletter