Ministério Público pede caução de cinco milhões para libertar Joe Berardo - Plataforma Media

Ministério Público pede caução de cinco milhões para libertar Joe Berardo

O Ministério Público pediu, esta sexta-feira, que Joe Berardo saia em liberdade, mediante o pagamento de uma caução de cinco milhões de euros, apurou o JN. As medidas de coação decretadas pelo juiz de instrução devem ser conhecidas esta tarde.

Joe Berardo e André Luiz Gomes respondem pelos crimes de burla qualificada, fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais, falsidade informática, falsificação, abuso de confiança qualificada e descaminho ou destruição de objetos colocados sob o poder público.

O processo CGD, que está a ser investigado desde 2016, conta atualmente com 11 arguidos, dos quais seis são pessoas coletivas (sociedades/empresas) e cinco pessoas individuais, duas das quais ainda em detenção (Berardo e André Luiz Gomes).

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter