Covid-19: Taxa de vacinação em Macau ‘salta’ de 10% para um terço da população em dois meses - Plataforma Media

Covid-19: Taxa de vacinação em Macau ‘salta’ de 10% para um terço da população em dois meses

A taxa de vacinação contra a covid-19 em Macau cresceu de 10% para a cobertura de um terço da população em apenas dois meses, indicaram dados oficiais.

A 05 de maio, as autoridades de saúde lamentavam a baixa taxa de vacinação, quando pouco menos de 72 mil pessoas tinham recebido uma dose das duas vacinas disponíveis no território, Sinopharm e BioNtech, apesar “de se ter investido muito trabalho de publicidade e promoção” junto dos quase 700 mil residentes.

Os últimos dados apontam agora para 230 mil pessoas vacinadas desde o início da campanha, em 09 de fevereiro, um aumento para o qual contribuiu o receio da população face a um surto na vizinha província chinesa de Guangdong, mas também uma campanha ‘milionária’ de incentivos, sem precedentes, promovida pelas grandes empresas do território, a maioria ligadas à indústria do jogo, que prometeram dinheiro, dias de férias extra e sorteios para quem se vacinar.

Uma sondagem recente da Universidade de Macau mostrou que 37,7% dos inquiridos estão hesitantes ou negativos em relação à vacina contra a covid-19 no território.

No inquérito de investigadores do Instituto de Ciências Médicas Chinesas, divulgado em 21 de maio, concluiu-se que, entre aqueles que não têm planos de sair de Macau, 49,5% estão hesitantes ou negativos quanto à vacina e “cerca de 35% dos inquiridos estão preocupados com a possibilidade de ocorrerem reações adversas graves após a vacinação”.

Macau continua a registar, ainda assim, uma oferta muito maior do que a procura, sendo que dois terços dos profissionais de saúde tinham sido vacinados até final de maio, com as autoridades a disponibilizarem um programa de marcação ‘online’ prático com vários horários à disposição, com capacidade para administrar cerca de oito mil doses diárias.

Macau identificou até agora 54 casos de covid-19, mas não registou qualquer morte desde o início da pandemia. Nenhum profissional de saúde foi infetado e não foi detetado qualquer surto comunitário.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 3.925.816 de vítimas em todo o mundo, resultantes de 181.026.547 casos de infeção diagnosticados oficialmente, segundo o balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

Em Portugal, morreram 17.084 pessoas e foram confirmados 874.547 casos de infeção, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Related posts
MacauSociedade

Covid-19: testes a toda a população de Macau a partir das 9:00h

MacauSociedade

Covid-19: Macau entra em estado de prevenção imediata

MacauSociedade

Testes de despistagem à COVID-19 gratuitos a partir de hoje em Macau

ChinaMacau

Mais quarentenas e testes para quem vem do Interior da China

Assine nossa Newsletter