Investigador diz que não há motivo para preocupação acrescida com variante Delta Plus - Plataforma Media

Investigador diz que não há motivo para preocupação acrescida com variante Delta Plus

O investigador Miguel Castanho considera que, pela transmissão minoritária em Portugal, não há motivo para uma preocupação acrescida com a variante Delta Plus do novo coronavírus e os dados indiciam que pode não ser tão contagiosa.

Embora tenha sublinhado que, comparativamente à variante Delta (associada à Índia), com maior prevalência em Portugal, sobre a variante Delta Plus (mutação detetada no Nepal) “não existem estudos tão abundantes”, o cientista referiu que esse dado pode indicar que, “em relação à Delta, em si, não é tão transmissível”

“Pelos dados disponíveis até agora, creio que não é motivo para preocupação acrescida”, disse, em declarações à agência Lusa, o investigador do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter