Inglaterra adia por um mês levantamento das restrições anti-covid-19 - Plataforma Media

Inglaterra adia por um mês levantamento das restrições anti-covid-19

O adiamento é apoiado por vários cientistas devido ao rápido contágio da variante Delta da Covid-19, detetada pela primeira vez na Índia e que se tornou a variante dominante no Reino Unido.

O Reino Unido planeia adiar por quatro semanas o levantamento em Inglaterra de todas as restrições anti-Covid-19, que estava previsto acontecer no dia 21, noticiam esta segunda-feira os ‘media’ britânicos.

O Governo britânico tomou a decisão de adiar o levantamento das medidas restritivas no domingo e espera-se que o primeiro-ministro, Boris Johnson, aprove a resolução hoje, depois de participar na cimeira da NATO, em Bruxelas.

Esta decisão será votada pela Câmara dos Comuns (câmara baixa do Parlamento britânico) ainda este mês com o objetivo de legalizar o adiamento.

De acordo com o plano de desconfinamento, todas as restrições seriam levantadas em Inglaterra no dia 21 de junho, o que iria permitir o funcionamento de discotecas e a realização de casamentos e outros eventos sem um limite máximo de pessoas.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter