Prêmio Pulitzer anuncia vencedores com ênfase na cobertura da pandemia e de questões raciais - Plataforma Media

Prêmio Pulitzer anuncia vencedores com ênfase na cobertura da pandemia e de questões raciais

Adolescente que filmou a morte de George Floyd recebeu menção honrosa.

O prêmio Pulitzer, um dos mais importantes do jornalismo mundial, anunciou nesta sexta (11) seus vencedores, com foco na cobertura dos protestos antirracismo e da pandemia de coronavírus.

A adolescente Darnella Frazier, 18, recebeu uma menção honrosa por “corajosamente filmar a morte de George Floyd”, segundo o comunicado oficial. No site, os organizadores ressaltaram a importância da contribuição dos cidadãos para a “busca da verdade e da justiça” no jornalismo.

Com duas premiações cada um, o jornal americano The New York Times e a agência de notícias The Associated Press foram os maiores vencedores do ano.

Na categoria de Serviço Público, o NYT foi premiado por sua cobertura “corajosa”, “visionária” e “extensiva” da pandemia, que deu ênfase às desigualdades sociais e raciais no sistema de saúde americano.

Individualmente, Wesley Morris, da equipe da New York Times Magazine, ganhou o prêmio de Crítica por seu trabalho “engajado”, “brincalhão” e “profundo” da intersecção entre raça e cultura nos Estados Unidos.

Esse é o segundo prêmio Pulitzer do crítico, que foi homenageado em 2012 na mesma categoria enquanto trabalhava para o jornal americano Boston Globe.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
Cultura

"The Nickel Boys", livro vencedor do Pulitzer, publicado em outubro em Portugal

Assine nossa Newsletter