Euro2020: Fernando Santos realça importância da estreia, mas recusa “desastre”

Euro2020: Fernando Santos realça importância da estreia, mas recusa “desastre”

Uma vitória na estreia no Grupo F do Euro2020 de futebol, diante da Hungria, será “muito importante” para Portugal, mas Fernando Santos recusa que seja um “desastre” para o detentor do troféu se isso não acontecer

Em entrevista à agência Lusa, o técnico destacou o estatuto das equipas que integram o Grupo F, desde logo a seleção nacional, vencedora do troféu em 2016, França e Alemanha, as duas últimas campeãs mundiais, e ainda a Hungria, que terá dois jogos no seu reduto.

“Os últimos dois campeões do mundo estão lá, um deles finalista do [último] Campeonato da Europa [França], e o detentor do Campeonato da Europa, além da equipa da casa. No plano teórico, são três equipas que costumam estar no ‘top 10’ do ranking da FIFA. Mas, em 2016, o grupo também não foi fácil. É tudo teórico”, antecipou.

Fernando Santos referiu que “todos os grupos encerram muitas dificuldades” e salientou o facto de a Hungria disputar dois jogos da fase de grupos em casa, em Budapeste, o primeiro dos quais precisamente frente a Portugal, na estreia, marcada para 15 de junho.

“No apuramento para o Mundial2018, o jogo lá foi muito difícil [vitória portuguesa por 1-0]. O primeiro jogo de qualquer competição é sempre difícil, porque há muita contenção das equipas. É o primeiro jogo e entrar mal complica”, disse Fernando Santos à Lusa.

Embora sublinhando a importância de uma estreia vitoriosa frente aos húngaros, o selecionador recusou que seja um desastre não a conseguir.

“Acredito na minha equipa, nos meus jogadores, no que vamos fazer. Vai ser um jogo muito exigente. Vencer um primeiro jogo é algo muito importante, mas não vencer não é desastroso”, ressalvou.

Pela frente, Portugal não vai ter o médio ofensivo Dominik Szoboszlai, que falha o Euro2020 devido a lesão e que, segundo Fernando Santos, é um jogador que “sobressai muito”, sendo que a Hungria “é diferente com ou sem ele”.

Portugal, que é o detentor do troféu, integra o Grupo F do Euro2020, juntamente com Hungria, Alemanha e França, tendo estreia marcada na competição para 15 de junho, diante dos húngaros, em Budapeste, antes de defrontar os germânicos, em 19, em Munique, e os franceses, em 23, novamente na capital magiar.

Até à partida para Budapeste, marcada para 10 de junho, a seleção nacional vai realizar dois encontros de preparação, com a Espanha, em Madrid, em 04 de junho, e com Israel, cinco dias depois, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.

O Euro2020, que foi adiado para este ano devido à pandemia de covid-19, realiza-se em 11 cidades de 11 países diferentes, entre 11 de junho e 11 de julho.

Related posts
DesportoPortugal

UEFA investiga insultos homofóbicos a Ronaldo em Budapeste

DesportoPortugal

António Costa diz que é nos "momentos mais difíceis" que é preciso puxar pela seleção

DesportoMundo

Euro2020: Países Baixos vencem Áustria e estão nos oitavos de final

DesportoPortugal

Euro2020: Portugal bate Hungria com três golos nos últimos minutos

Assine nossa Newsletter