Autoridades timorenses apelam a maiores de 60 para que tomem a vacina

Autoridades timorenses apelam a maiores de 60 para que tomem a vacina

As autoridades de saúde timorenses apelaram aos maiores de 60 anos para que tomem a vacina da AstraZeneca contra a covid-19, notando o perigo adicional de contrair o novo coronavírus para a população desta faixa etária

“Recomenda-se fortemente às pessoas com mais de 60 anos e a pessoas com comorbidade que tomem a vacina”, disse a porta-voz da Comissão Interministerial para a Vacinação da Covid-19, Danina Coelho.

“Tomar a vacina não agrava nenhuma das condições de saúde que os maiores de 60 tenham. Antes pelo contrário, tomar a vacina ajudará a que não fiquem gravemente doentes da covid-19”, sublinhou.

O apelo ocorreu numa altura em que as autoridades timorenses continuam a intensificar a vacinação com a primeira dose à população de Díli, onde há transmissão comunitária e se estimou que possa haver até 50 mil infetados, a maioria por diagnosticar.

Até ao momento, e de acordo com os dados da comissão, apenas tomaram vacinas 2.136 pessoas com mais de 60 anos e apenas 8.160 pessoas com comorbidades.

Estimativas das autoridades indicaram que, até ao final de sexta-feira e com a vacinação a ser retomada hoje, a primeira dose já foi administrada em Díli a 64.005 pessoas, o que representa cerca de 30% da população adulta (mais de 18 anos) estimada em 213.800.

Um total de 48.170 doses foram administradas este mês, entre 10 e 28 de maio, com uma média diária de vacinação de mais de 2.500 doses.

Em termos nacionais, a primeira dose da vacina, com recurso a doses oferecidas pelo mecanismo COVAX e pela Austrália, já chegou a 76.584 pessoas em todo o país, ou mais de 5% da população total.

O processo de vacinação está a continuar esta semana em Díli e a utilizar mais um carregamento de vacinas oferecidas pela Austrália e que chegaram na passada sexta-feira.

As autoridades disseram esperar que, no início de junho, cheguem ao país até 76 mil doses do mecanismo multilateral COVAX que vai permitir começar a dar a segunda dose aos primeiros inoculados em abril.

Timor-Leste vive atualmente o pior momento da pandemia, com 16 mortos (dos quais 13 em maio), um crescente número de hospitalizações, 2.648 casos ativos e quase 6.900 acumulados, dos quais mais de 66% registados em maio.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.535.376 mortos no mundo, resultantes de mais de 169,8 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.023 pessoas dos 848.658 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Related posts
MundoSociedade

Filipinas adquirem 40 milhões de vacinas da Pfizer

Mundo

Autoridade Palestina anula acordo de vacinas anticovid com Israel

PolíticaSociedade

Covid-19: Governo timorense levanta confinamento obrigatório em Díli

SociedadeTimor-Leste

Governo timorense renova maioria das cercas sanitárias e reforça plano de vacinação

Assine nossa Newsletter