EUA dizem ter "grande quantidade" de dados sobre origem do vírus da covid-19 - Plataforma Media

EUA dizem ter “grande quantidade” de dados sobre origem do vírus da covid-19

As investigações sugerem que a Administração norte-americana pode não ter esgotado a análise das bases de dados com comunicações chinesas, movimento dos trabalhadores do laboratório e estudo dos padrões sobre o surto da doença na cidade de Wuhan.

O pedido do Presidente dos Estados Unidos para investigar as origens do coronavírus que causa a covid-19 ocorreu depois de os serviços de informações comunicarem à Casa Branca que estão na posse de uma “grande quantidade de provas”.

De acordo com a edição desta sexta-feira do jornal The New York Times, os serviços de informações dos Estados Unidos pediram ao chefe de Estado, Joe Biden, tempo adicional para analisarem – com recurso a processos informáticos – todo o material disponível.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter