Austrália ordena confinamento em segunda maior cidade do país

Austrália ordena confinamento em segunda maior cidade do país

A Austrália impôs um bloqueio de emergência na quinta-feira para mais de cinco milhões de pessoas em Melbourne, sua segunda cidade mais populosa, e no resto do estado de Victoria, para conter um surto de covid-19

A ordem de permanecer em casa permanecerá em vigor por pelo menos sete dias, informou o primeiro-ministro em exercício, James Merlino, após o foco de infecções local dobrou para 26 casos de um dia para outro, um número insignificante se comparado com o de outros países.

“No último dia vimos mais evidências de que estamos enfrentando uma variante altamente infecciosa do vírus, uma variante preocupante que está avançando mais rápido do que detectamos”, explicou Merlino sobre a variante indiana do coronavírus.

O confinamento busca rastrear a origem dos novos casos, e a medida só permite que os residentes deixem suas casas por motivos essenciais, inclusive para receber a vacina anticovid.

Esta é a quarta vez que Melbourne entra em confinamento desde o início da pandemia, passando quatro meses sob severas medidas de restrição no ano passado.

Nos últimos meses, a Austrália teve poucas medidas de contenção ao conseguir conter a disseminação do coronavírus, mas críticos apontam que a lentidão na aplicação das vacinas deixou a população exposta a novos surtos.

A Austrália, com 25 milhões de habitantes, registrou cerca de 30.000 casos de Covid-19 e menos de 1.000 mortes, principalmente no estado de Victoria.

Related posts
EconomiaMundo

Reino Unido e Austrália concluem acordo de comércio livre

PolíticaTimor-Leste

Timor aprova cooperação com Austrália para descentralização administrativa

ChinaPolítica

China suspende acordo económico com a Austrália

SociedadeTimor-Leste

Primeiras dez mil doses de vacinas oferecidas pela Austrália chegam na quarta-feira a Timor

Assine nossa Newsletter