Vencedor da Eurovisão submetido a despistagem de drogas - Plataforma Media

Vencedor da Eurovisão submetido a despistagem de drogas

O vocalista do grupo italiano Måneskin, que no sábado venceu o Festival da Eurovisão da Canção 2021, vai ser submetido a testes de despistagem de drogas, refere um comunicado dos organizadores do evento, citado pela Agencia France-Presse.

Segundo a AFP, em causa estará o comportamento assinalado como suspeito durante o evento em Roterdão, nos Países Baixos.

“O grupo rejeitou veementemente as alegações de uso de drogas e o cantor em questão será submetido a testes voluntariamente quando regressar a casa”, disse a União Europeia de Radiodifusão (EBU) num comunicado.

Segundo a nota, “eles próprios pediram [teste] ontem à noite [sábado], mas não pôde ser providenciado imediatamente pela EBU”.

Damiano David será sujeito a um teste de despistagem de drogas no regresso a Itália, após a polémica causada por um vídeo viral, onde pode ser visto a baixar-se e a tocar a mesa com o nariz durante o festival, no sábado em Roterdão, imagens que foram vistas ao vivo em todo o mundo, refere a AFP.

Questionado sobre o incidente na conferência de imprensa, o cantor vencedor explicou que se inclinou, porque o guitarrista Thomas Raggi acabara de partir um vidro.

“Não uso drogas, por favor. Não digam isso, a sério. Nada de cocaína. Por favor, não digam isso”, respondeu Damiano David, citado pela AFP.

Na sua conta de Instagram, o grupo reafirmou: “Estamos prontos para fazer testes porque não temos nada a esconder. Estamos verdadeiramente chocados que algumas pessoas digam que o Damiano usa drogas. Somos mesmo contra as drogas e nunca usámos cocaína”, referiram.

A EBU confirmou que há sinais de que um vidro se terá partido. “Estamos conscientes das especulações à volta de um vídeo dos vencedores italianos do Festival Eurovisão da Canção na Sala Verde, na noite passada”, disse a EBU no comunicado.

“O grupo, os seus responsáveis e o chefe da delegação informaram-nos que não havia drogas na Sala Verde e explicaram que um vidro se partiu na mesa e cantor estava a agarrá-lo” nas imagens.

Na mesma nota, a EBU refere que “pode confirmar que um vidro se partiu e foi encontrado no local durante uma inspeção”.

“Ainda estamos a analisar as imagens com cuidado e comunicaremos assim que tivermos alguma notícia.”

A Itália, com a canção “Zitti e buoni”, interpretada pelos Måneskin, venceu a 65.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, tendo Portugal alcançado o 12.º lugar.

Num ano em que o Reino Unido foi o único país que terminou com zero pontos, Portugal, representado pelos The Black Mamba, com o tema “Love is on my side”, conquistou 153 pontos.

Related posts
CulturaMundo

Organização garante que vocalista dos Måneskin não se drogou no Festival Eurovisão

CulturaPortugal

Portugal passa à final da Eurovisão

CulturaPortugal

The Black Mamba são os vencedores do Festival da Canção

Assine nossa Newsletter