Casal de leopardos-persa, subespécie muito rara, é visto no Paquistão - Plataforma Media

Casal de leopardos-persa, subespécie muito rara, é visto no Paquistão

Um casal de leopardos-persa, também conhecidos como leopardos-da-pérsia, visto pela primeira vez no ano passado no Paquistão, foi gravado e fotografado na selva – anunciaram as autoridades locais nesta sexta-feira (21).

Sharifuddin Baloch, responsável pela área de meio ambiente na província do Baluchistão, disse que os dois animais foram avistados pela primeira vez há seis meses, no Parque Nacional Hazarganji Chiltan. 

Os leopardos adultos são muito solitários e se movem apenas em pares para acasalar.

“Equipamos nosso pessoal com câmeras e binóculos para filmar o casal e tirar fotos deles”, relatou Baloch.

“Este mês, nossos trabalhadores conseguiram”, celebrou.

Os leopardos-persa são uma subespécie de pantera nativa de Turquia, Irã, Afeganistão e região do Cáucaso. Hoje existem pouquíssimos exemplares. Eles estão incluídos na lista de animais em perigo da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN).

Estima-se que haja menos de 1.000 exemplares desta subespécie na natureza, e 200, em cativeiro. 

“Estamos dando passos para proteger as espécies raras”, declarou Baloch à AFP, acrescentando que seu departamento compartilha os dados coletados com a UICN.

O vídeo filmado pelos funcionários do parque mostra um dos leopardos camuflado em uma colina rochosa, antes de se levantar e se afastar.

Ainda segundo Baloch, não há informações de que esta espécie tenha sido vista antes no Paquistão. 

A Panthera tulliana é maior e possui manchas diferentes das que caracterizam o leopardo-indiano (Panthera fusca), mais comum, também presente no Paquistão. 

No norte do Paquistão, na cordilheira do Himalaia, vive o leopardo-das-neves (Panthera uncia), também em perigo de extinção.

Assine nossa Newsletter