Voos para a China aceitam certificado de vacinação como alternativa ao teste IgG

Voos para a China aceitam certificado de vacinação como alternativa ao teste IgG

A companhia aérea Beijing Capital Airlines, que opera o voo entre Portugal e China, anunciou ontem que passa a permitir aos passageiros que apresentem um certificado de vacinação, como alternativa ao teste de anticorpos IgG.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a companhia esclarece que passa, desde ontem, a permitir que os passageiros que viajam para a China apresentem o certificado de vacinação ou o certificado negativo IgG. Para além de um daqueles dois certificados, o passageiro deve apresentar os resultados negativos dos testes de ácido nucleico PCR e de anticorpos IgM.

A companhia aérea chinesa opera atualmente uma ligação entre Lisboa e Xi’an, cidade no centro da China, com a frequência de um voo por semana.

Os certificados devem ser emitidos por um laboratório de análises português até 48 horas antes da partida, lê-se na mesma nota. Fonte da companhia aérea esclareceu à Lusa que qualquer vacina contra a covid-19 serve para o efeito.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MundoSociedade

Covid-19: Bruxelas chega a acordo com Moderna sobre entrega de novas doses

Sociedade

Quarentena já não é obrigatória na Áustria para casos positivos

Sociedade

Estudos apontam mercado de Wuhan na China como início da Covid-19

MundoPolítica

COVID-19: OMS alerta para "outono e inverno difíceis" na Europa

Assine nossa Newsletter