Estrangeiros aproveitam pandemia para comprar e investir em força em Portugal - Plataforma Media

Estrangeiros aproveitam pandemia para comprar e investir em força em Portugal

Entrada no capital de empresas e compra de imobiliário levou IDE ao rubro no final de 2020 e no arranque de 2021, mostram dados do Banco de Portugal.

O investimento direto estrangeiro (IDE) em compras de propriedade e participações no capital de empresas aumentou quase oito vezes no primeiro trimestre deste ano face a igual período de 2020, indicam cálculos do Dinheiro Vivo a partir de dados do Banco de Portugal, ontem divulgados.

Ou seja, só neste primeiro trimestre, os investidores sediados no estrangeiro injetaram 1,7 mil milhões de euros em capital na economia portuguesa. Trata-se do arranque anual mais forte desde 2017, ano em que Portugal cresceu 3,5% em termos reais (a melhor marca desde o ano 2000).

Leia mais em Dinheiro Vivo

Assine nossa Newsletter