Cimeira Social da União Europeia arranca no Porto - Plataforma Media

Cimeira Social da União Europeia arranca no Porto

Vão estar presentes 24 dos 27 chefes de Estado e de Governo da União Europeia, reunidos para definir a agenda social da Europa para a próxima década.

Uma baixa de peso, outras duas nem por isso. Não vem Angela Merkel, nem o primeiro ministro holandês Mark Rutte nem o de Malta, Robert Abela. Participam por videoconferência. Vão estar presencialmente reunidos pela primeira vez este ano, nas cimeiras do Porto, 24 dos 27 chefes de governo da União Europeia.

Numa Europa que reconhece que tem um “enorme problema” ao nível do emprego, da cimeira social do Porto deverá sair um Compromisso europeu com os direitos sociais. No entanto, no último rascunho da declaração que os líderes hão-de-assinar esta sexta-feira, relatava o site de notícias europeias EU Observer que a formulação “promover a igualdade de género e justiça para todos os indivíduos” fora alterada para “igualdade e justiça para todos os indivíduos” por insistência da Hungria e da Polónia.

Acompanhe os trabalhos na TSF

Assine nossa Newsletter