Preços das casas já caem em nove freguesias de Lisboa - Plataforma Media

Preços das casas já caem em nove freguesias de Lisboa

Nas duas freguesias mais caras da capital, Santa Maria Maior e Santo António, os imóveis continuaram a valorizar. ​​​​No Porto o valor dos imóveis no último trimestre de 2020 aumentou em todas as sete freguesias do concelho.

Opreço da habitação em Portugal continua em rota ascendente, contornando os efeitos negativos da pandemia na economia. Nos últimos três meses de 2020, o preço de vendas das casas atingiu os 1.188 euros por metro quadrado, um crescimento de 7,8% face ao homólogo de 2019. Neste período, o valor do metro quadrado em Lisboa aumentou 4%, para 3.377 euros, consolidando um movimento de desaceleração que já está a impactar o valor do território da capital, o mais elevado do país.

Na reta final de 2020, nove freguesias de Lisboa registaram quebras nos preços das casas. Aliás, dentro do universo das cidades com mais de 100 mil habitantes, Lisboa apresentou uma variação homóloga nula, numa trajetória claramente oposta à do Porto, que viu os preços disparar 21,2%, conforme divulgou ontem o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Entre as nove freguesias de Lisboa que apresentaram quebras no preço das casas Santa Clara foi a que verificou um decréscimo mais substantivo (10,7%), seguida da Ajuda (6,4%), das Avenidas Novas (6,3%) e de Alcântara (5,2%). Na lista ‘negativa’, constam ainda Parque das Nações (3,9%), Campo de Ourique (3,8%), Marvila (2,2%), Misericórdia (1,2%) e Benfica (0,6%).

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter