Imunidade de grupo apoiada por Bolsonaro levou Manaus ao colapso - Plataforma Media

Imunidade de grupo apoiada por Bolsonaro levou Manaus ao colapso

O vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho (sem partido), disse que o alinhamento de Wilson Lima (PSC) com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na pandemia transformou Manaus em um laboratório gerador da nova cepa de Covid-19.

Em entrevista à coluna Painel, da Folha, Almeida Filho, que está rompido com o governador há um ano, disse que o ex-aliado levou estado a uma política de imunidade de rebanho, cuja contaminação generalizada evitaria medidas ruins para a pandemia.

“A estratégia foi mostrar alinhamento [com Bolsonaro]. Uma coisa era clara, a política era de afirmar que se tinha uma imunidade de rebanho. O que acabou acontecendo foi um laboratório, a P1 [variante do coronavírus] encontrou um ambiente adequado”, disse o vice-governador.

Leia mais em Istoé

Assine nossa Newsletter