Novo Banco dá prémio de 2 milhões a gestores depois de prejuízo de 1300 milhões - Plataforma Media

Novo Banco dá prémio de 2 milhões a gestores depois de prejuízo de 1300 milhões

Prémio só será pago em 2022 – se chegar a acontecer.

O Novo Banco decidiu atribuir um prémio de 1,9 milhões de euros à equipa de gestão liderada por António Ramalho, depois de ter registado um prejuízo de mais de 1,3 mil milhões de euros em 2020.

A decisão consta do relatório e contas do banco comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, noticiado pelo Expresso e lido também pela TSF.

No documento, lê-se que “para o ano de 2020, a Remuneração Variável foi atribuída condicionalmente, sujeita a verificação de condições diversas, de 1.860 milhões de euros aos membros do Conselho de Administração Executivo”.

O relatório explica que o prémio “teve como base o desempenho individual e coletivo de cada membro, avaliado pelo Comité de Remunerações” e realça que o bónus “foi totalmente diferido e não haverá pagamentos até ao final do período de reestruturação na data atualmente definida como 31 de dezembro de 2021”.

Leia mais em TSF

Related posts
DesportoPortugal

Vieira diz que não foge e promete pagar ao Novo Banco

DesportoPortugal

Luís Filipe Vieira ouvido hoje na comissão parlamentar de inquérito ao Novo Banco

EconomiaPolítica

Novo plano de cortes nas gorduras do Estado dá para pagar injeção no Novo Banco

EconomiaPolítica

Novo Banco: Governo português prevê injeção de mais 430 milhões de euros

Assine nossa Newsletter