Centeno. Prémios aos gestores do Novo Banco serão abatidos à próxima injeção de capital - Plataforma Media

Centeno. Prémios aos gestores do Novo Banco serão abatidos à próxima injeção de capital

É errado, mas voltou a acontecer. O NB quer pagar mais 1,9 milhões de euros aos seus nove gestores pelo bom desempenho em 2020, ano em que o banco somou mais 1,3 mil milhões de euros de prejuízo. Centeno está “contra”, mas NB repete o que fez no ano passado relativamente às contas de 2019.

Os prémios que o Novo Banco (NB) quer dar ao seus administradores pelo desempenho e disponibilidade em 2020 serão “deduzidos à chamada de capital” que vier a ser feita, esclareceu Mário Centeno, o governador do Banco de Portugal e quem tutela o Fundo de Resolução, o veículo que tem metido milhares de milhões de euros dos contribuintes nos restos do antigo BES. Foi o que já aconteceu o ano passado, com as contas de 2019, aliás.

Este ano a ideia é injetar mais 430 milhões de euros em capital novo no NB por conta dos prejuízos de 2020, mas não se sabe ainda oficialmente como. Em princípio, vai ser através de um empréstimo junto de um sindicato bancário (os outros bancos presentes em Portugal).

Leia mais em Dinheiro Vivo

Assine nossa Newsletter