Cidade chinesa em alerta devido a caso positivo de covid-19 após quarentena

Cidade chinesa em alerta devido a caso positivo de covid-19 após quarentena

A cidade de Putian, no sudeste da China, está em alerta após um chinês regressado do Brasil ter resultado positivo no teste para o novo coronavírus, já depois do período obrigatório de quarentena

Num comunicado, as autoridades de Putian, na província de Fujian, revelaram que o homem aterrou em Xangai a 5 de abril, tendo sido colocado em isolamento para um período obrigatório de quarentena.

Após 15 dias em quarentena e tendo resultado negativo nos vários testes para o novo coronavírus responsável pela covid-19, o chinês viajou de comboio para Putian, onde deveria ficar uma semana em “autogestão de saúde”.

Mas a 30 de abril o homem teve resultado positivo num teste para o SARS-Cov-2, apesar de não ter quaisquer sintomas da covid-19.

Todos os contactos próximos do paciente foram isolados e submetidos a testes para o novo coronavírus, tendo todos os resultados sido negativos. Ainda assim, 24 contactos permanecem sob observação médica.

As autoridades ordenaram também a desinfeção de todos os locais onde o homem esteve.

Na semana passada, a cidade de Xangai, no leste da China, tinha registado um caso importado de covid-19, um outro cidadão chinês vindo do Brasil.

Poucos dias antes, a companhia aérea chinesa China Southern Airlines tinha deixado de transportar passageiros vindos do Brasil com destino à China, “de acordo com as necessidades de prevenção e controlo da pandemia” da covid-19.

O Brasil contabilizou 983 mortos e 24.619 infetados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, números que elevam o total para 408.622 óbitos e 14.779.529 casos no país.

A China detetou 11 casos da covid-19 no domingo, todos oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde chinesas.

A Comissão de Saúde da China adiantou que o número total de casos ativos é de 323, incluindo cinco em estado grave.

Desde o início da pandemia da covid-19, o país registou 90.697 casos da doença e 4.636 mortos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.203.937 mortos no mundo, resultantes de mais de 152,7 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Related posts
MundoSociedade

Países africanos defendem produção local de vacinas para evitar atrasos

Desporto

Tóquio2020: Responsável do Comité Olímpico Internacional afirma que nada pode impedir realização

MundoSociedade

Ibuprofeno não agrava infecção por covid-19, aponta estudo

MundoSociedade

Índia ultrapassa pela primeira vez 4.000 mortos em 24 horas

Assine nossa Newsletter