"Guterres evitou as cascas de banana, teve frieza e nervos de aço" - Plataforma Media

“Guterres evitou as cascas de banana, teve frieza e nervos de aço”

Os autores não conheciam o secretário-geral da ONU quando decidiram meter-se na empreitada que resulta numa biografia com mais de 600 páginas. A recandidatura de Guterres começa esta semana. Entrevista na TSF.

Pedro Latoeiro (PL), mestre em Economia Monetária, assessor político e de imprensa da Embaixada da Argentina, antigo jornalista e editor do Diário Económico, e Filipe Domingues (FD), secretário-geral do IPDAL (Instituto para a Promoção da América Latina e Caraíbas), licenciado em Ciências da Comunicação, começou a carreira como jornalista de rádio, na Renascença e na Sport TV. Não conheciam António Guterres nem com ele tinham falado quando decidiram meter-se na empreitada que resulta numa biografia com mais de 600 páginas, que agora está nas livrarias.

Para primeira obra, escrever uma biografia do secretário-geral da ONU é assim algo do género… vamos escrever um livro e o céu é o limite? Como é que este livro surgiu?

PL: Foi uma pequena loucura com, digamos, uma certa dose de inconsciência daquilo que tínhamos pela frente. É um projeto que tem por base, obviamente, uma grande amizade que nós temos um pelo outro…

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter