EUA investe mais de 360 milhões para o combate à malária em Angola - Plataforma Media

EUA investe mais de 360 milhões para o combate à malária em Angola

No âmbito do combate à malária, o governo dos Estados Unidos apoiou com mais de USD 360 milhões o nosso país, que serviram para a aquisição e distribuição de mais de 4,5 milhões de redes mosquiteiras tratadas com inseticida de longa duração, compra e distribuiu cerca de 24 milhões de testes rápidos da malária, entre outros

O apoio visou ainda a compra de mais de 34 milhões de doses e medicamentos anti maláricos e 4 milhões de doses e medicamentos preventivos para mulheres grávidas em benefício das famílias angolanas, de acordo com uma nota da embaixada dos EUA que chegou a nossa redacção.

O documento diz que a iniciativa do Presidente dos EUA para a luta contra a Malária, maior fonte de recursos financeiros a nível dos parceiros internacionais que apoiam o combate à malária em Angola, trabalha em estreita parceria com o governo e o povo angolanos na prevenção e controlo da malária reflectidos na redução, pela metade, das mortes por malária desde 2006.

Com a assistência proveniente daqueles Estados foi também possível proteger cerca de 6 milhões de famílias através da pulverização residual intra-domiciliar e facilitou o aperfeiçoamento e capacitação técnica de cerca de 63.000 profissionais de saúde no diagnóstico e tratamento da malária e na prevenção da malária na gravidez.

Leia mais em O País

Assine nossa Newsletter