Início Economia Investimento de 3,5 mil milhões em Sines cria até 1200 postos de trabalho

Investimento de 3,5 mil milhões em Sines cria até 1200 postos de trabalho

Hugo Neutel

Projeto de consórcio anglo-americano para a criação de um centro informático de processamento de dados é o maior investimento estrangeiro desde a Autoeuropa

É um dos maiores investimentos diretos estrangeiros das últimas décadas, e o maior desde a instalação da Autoeuropa em Palmela : a Start Campus, empresa detida pelos norte-americanos da Davidson Kempner Capital Management LP (Davidson Kempner) e pelos britânicos da Pioneer Point Partners vai investir 3,5 mil milhões de euros na criação de um centro informático de processamento de dados que pode vir a gerar até 1200 postos de trabalho “altamente qualificados”.

O centro, cuja construção deverá estar concluída nos próximos dois anos, vai localizar-se na Zona Industrial e Logística de Sines, junto à antiga central termoelétrica da EDP.

O Hyperscaler Data Centre, inserido na estratégia Sines 4.0, será “um dos maiores campus de centros de dados da Europa”, garante a promotora do investimento, e será capaz de dar “resposta à crescente procura de grandes empresas internacionais de tecnologia fornecedoras de serviços de streaming, social media, eCommerce (comércio eletrónico), gaming (videojogos na vertente online), educação online, videoconferência e outras necessidades de processamento e armazenagem de dados e de aplicações empresariais”.

Leia mais em TSF

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!