Pai e madrasta de Valentina condenados a 25 e 18 anos de prisão - Plataforma Media

Pai e madrasta de Valentina condenados a 25 e 18 anos de prisão

Sandro Bernardo, pai de Valentina, foi condenado a 25 anos de prisão pela morte da menina de nove anos, em Peniche. A madrasta, Márcia Monteiro, vai cumprir 18 anos e nove meses.

Por se tratar de um julgamento mediático e no contexto de pandemia, o Tribunal de Leiria ordenou que a leitura do acórdão decorresse no auditório da Batalha, onde já se tinha realizado a sessão de alegações finais, de modo a garantir lugar para todos os jornalistas, com o afastamento devido.

Durante as alegações finais, o Ministério Público (MP) de Leiria pediu 25 anos de prisão para o pai e para a madrasta de Valentina pelos crimes de homicídio qualificado e de profanação de cadáver, em coautoria, garantindo que os “arguidos a mataram”, em maio de 2020.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter