Atrás de renda e sem home office, pobres morrem mais de Covid - Plataforma Media

Atrás de renda e sem home office, pobres morrem mais de Covid

Muito poucos das classes D e E tiveram a opção de se proteger; na A/B, quase 1/3 encontrou opção

Dados do mercado de trabalho durante a pandemia da Covid-19 mostram que os mais ricos e escolarizados no Brasil puderam se proteger bem mais que as pessoas de menor renda e pouca educação.

Não por acaso, estudos apontam que áreas pobres no país e bairros da periferia de São Paulo chegaram a ter três vezes mais mortes causadas pelo coronavírus do que outras regiões.

Segundo dados da Pnad Covid-19 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) elaborados pela FGV Social, 28% dos membros da classe A/B (renda domiciliar superior a R$ 8.303) puderam alterar o local de trabalho durante a pandemia.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter