Novo Banco: Governo português prevê injeção de mais 430 milhões de euros - Plataforma Media

Novo Banco: Governo português prevê injeção de mais 430 milhões de euros

Novo Banco já pediu 598 milhões de euros em apoios (para este ano por causa dos prejuízos de 2020), mas Finanças têm dúvidas, acham que pode ser muito.

A despesa pública para amparar o Novo Banco (NB) deverá ascender a 430 milhões de euros este ano, mas a verba deverá ser totalmente anulada em 2022 (na lógica das políticas invariantes), diz o Ministério das Finanças no novo Programa de Estabilidade (PE 2021-2025), disponibilizado no site do Parlamento no início de sexta-feira, 16 de abril.

Segundo o PE, trata-se de uma “medida invariante”, “one-off” (só acontece uma vez, por isso em 2022 o encargo tem de ser abatido), mas o governo assume que ainda está na fase “a adotar” pois a dotação financeira para o fazer foi chumbada pela oposição na reta final das votações do Orçamento do Estado de 2021.

Ou seja, a verba não existe efetivamente no OE, mas o governo já disse que vai arranjar forma de arranjar o dinheiro porque, segundo o executivo, o Estado “é uma pessoa de bem” pelo que tenciona cumprir o contrato com a Lone Star (o dono da maioria do NB) e o Fundo de Resolução, o veículo (que está no perímetro público) que é financiado pelos bancos mas que não tem verbas suficientes para aguentar as sucessivas carências de capital do que ficou do antigo BES.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
DesportoPortugal

Luís Filipe Vieira ouvido hoje na comissão parlamentar de inquérito ao Novo Banco

Portugal

Novo Banco dá prémio de 2 milhões a gestores depois de prejuízo de 1300 milhões

EconomiaPolítica

Novo plano de cortes nas gorduras do Estado dá para pagar injeção no Novo Banco

EconomiaPortugal

Impedida a transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco

Assine nossa Newsletter