Dois sistemas, várias contradições - Plataforma Media

Dois sistemas, várias contradições

A narrativa ocidental que amplifica as diferenças entre o Primeiro e Segundo sistemas, como se a missão do Segundo fosse rejeitar o Primeiro, é ingénua… e intelectualmente desonesta. Já o radicalismo patriótico, que reduz o Segundo Sistema a mero servo do Primeiro, nega a visão estratégica de Deng Xiaoping – genial – que viu nas regiões autónomas o sistema de liberdades e a face de um enorme serviço à Pátria.

Compare-se outra contradição, hoje menos sensível: a ordem de soltura dada à elite comunista para enriquecer – servindo o partido – provocou choques tectónicos entre os guardiões do comunismo conservador e os arautos do capitalismo liberal. O bom senso ditou que o comunismo chinês não acumularia capital, trucidando os capitalistas; nem os empresários ganhariam poder, desafiando o Politburo.

Vender a ilusão de que o Segundo Sistema pode abrir guerra ao Primeiro, com argumento moral e colete ocidental… é suicidá-lo.

Exacerbar conflitos, como se torna hábito em todo o mundo, seja qual for o tema, incorre no risco de ninguém ter razão. Aí manda quem pode e faz questão. Neste caso… o Primeiro Sistema. Vender a ilusão de que o Segundo Sistema pode abrir guerra ao Primeiro, com argumento moral e colete ocidental… é suicidá-lo. Matar o Segundo Sistema, como se fosse ameaça ao Primeiro, revela falta de visão e confissão de fraqueza – estranha, estando o poder na mão de quem está. Não foi o Ocidente a inventar o Segundo Sistema – foi Pequim. Com consciência do seu valor e estratégia de sedução: a Taiwan, ao País – e ao mundo.

Urge elevar em Pequim, Hong Kong e Macau, consciência histórica, maturidade política e coragem para encaixar as contradições como elas são: mais-valia de Um País que integra Dois Sistemas. Fazem parte da solução – não do problema. Grave é se um vira costas ao outro – e atira a matar.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Editorial

Futuro de olhos na nuca

Editorial

Retoma sangrenta

Editorial

A galinha das finanças de ouro

Editorial

A bolha e a vacina

Assine nossa Newsletter