Estudo feito no Brasil indica que reinfeção pode ter sintomas mais fortes - Plataforma Media

Estudo feito no Brasil indica que reinfeção pode ter sintomas mais fortes

As pessoas que estiveram infetadas com o vírus de forma leve e que não precisaram de ser hospitalizadas não terão produzido uma resposta imunológica, aumentando assim a possibilidade de reinfecção, indica estudo.

A reinfecção pela covid-19 pode ocorrer com sintomas mais fortes, segundo um estudo divulgado na quarta-feira pela Fundação Oswaldo Cruz, maior centro de investigação científica do Brasil e da América Latina.

De acordo com o estudo, que será publicado em maio na revista Emerging Infectious Desease, as pessoas que estiveram infetadas com o vírus de forma leve e que não precisaram de ser hospitalizadas não terão produzido uma resposta imunológica, aumentando assim a possibilidade de reinfecção, inclusive, com a mesma variante que as infetou na primeira vez.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter