China exige que os EUA cessem todas as sanções ilegais contra o Irão

China exige que os EUA cessem todas as sanções ilegais contra o Irão

Um enviado chinês exigiu na terça-feira que os Estados Unidos cessem todas as sanções ilegais contra o Irão e sua “jurisdição extensiva” contra terceiros e indivíduos, após as negociações do acordo nuclear com o Irão terem sido retomadas em Viena

Diplomatas seniores da China, França, Alemanha, Rússia, Grã-Bretanha e Irão reuniram no Grand Hotel Wien. No topo da agenda está o levantamento das sanções contra o Irão e as medidas de implementação nuclear.

A reunião da Comissão Conjunta do Plano de Ação Abrangente Conjunto (JCPOA, na sigla inglesa), conhecida como acordo nuclear com o Irão, atraiu a atenção do público, já que representantes dos Estados Unidos estão em Viena para salvar o acordo.

“Os EUA devem suspender todas as sanções ilegais contra Teerão, e o lado iraniano deverá retomar o cumprimento total do acordo nuclear de 2015 com base nisso”, disse Wang Qun, enviado chinês às Nações Unidas e outras organizações internacionais em Viena, após a reunião.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MundoSociedade

Pânico em postos de gasolina dos EUA após reativação parcial de rede de oleodutos

ChinaPolítica

Washington, Londres e Berlim pedem fim da repressão dos uigures, Pequim denuncia um "truque"

ChinaPolítica

EUA podem sancionar China por trabalho forçado em tecnologia ambiental

MundoPolítica

Rússia e EUA contrapõem na ONU suas visões sobre multilateralismo

Assine nossa Newsletter