Chefão da máfia italiana vivendo no Brasil é preso na Páscoa - Plataforma Media

Chefão da máfia italiana vivendo no Brasil é preso na Páscoa

A saudade de passar o tradicional almoço de domingo de Páscoa com a família foi fatal para um “capo” da máfia italiana que vivia escondido no Brasil e viajou para a Itália por ocasião da data.

Giuseppe Calvaruso, de 43 anos, foi identificado e detido no aeroporto de Palermo, na Sicília, informou a polícia nesta terça-feira (6).

Segundo funcionários da direção antimáfia, citados pela imprensa, Calvaruso era o chefe do clã Pagliarelli (sudeste de Palermo).

No domingo, pegou um voo de Natal, com escala em Paris, rumo a Palermo. Era esperado pela polícia no aeroporto, mostra um vídeo divulgado após sua prisão. 

Calvaruso é acusado de conspiração para cometer um crime junto com outros quatro cúmplices, encarregados de executar suas ordens na Itália. 

Segundo os investigadores, o clã punia os autores de crimes cometidos sem sua autorização. Comerciantes e empresários da região tinham de recorrer à essa família da Cosa Nostra para obter qualquer autorização para abrir atividades comerciais, ou para resolver litígios.

O “chefão” administrava a ordem pública de seu território, mantinha relações com outros clãs mafiosos e investia na construção e na restauração de edifícios. Também estabeleceu laços com um investidor de Singapura com interesses na Sicília.

Depois da prisão, em 4 de dezembro de 2018, de 46 pessoas pertencentes à Cosa Nostra – entre elas Settimo Mineo, até então “capo” de Pagliarelli -, Calvaruso assumiu as rédeas da organização em seu território. 

Related posts
EconomiaMundo

Macron e Draghi impacientes com lentidão do plano de recuperação da UE

Sociedade

Deslizamento de terras em Itália provoca queda de centenas de caixões ao mar

MundoPolítica

Draghi conquista confiança do Senado para 'reconstruir' Itália

EconomiaPortugal

Reino Unido, Espanha, França e Itália compram mais de metade da nova dívida portuguesa

Assine nossa Newsletter