Sete mil desalojados em Díli. "As inundações foram devastadoras e situação é desoladora" - Plataforma Media

Sete mil desalojados em Díli. “As inundações foram devastadoras e situação é desoladora”

O jornalista Pedro Brinca conta à TSF que o cenário encontrado em Díli, capital de Timor-Leste, é de tal forma devastador que é preciso recuar a 1972 para encontrar semelhantes danos e prejuízos.

O alcatrão elevou-se com a força das águas, e os carros foram levados pela correnteza até ao leito do que agora é o curso das ribeiras. O rasto de destruição que invade o olhar. Numa volta à capital de Timor-Leste, o estado de Díli faz antecipar que o problema não é de cura rápida. As águas avançaram sobre a cidade, onde já morreram pelo menos 27 pessoas. O jornalista Pedro Brinca conta à TSF que “a situação é desoladora” e “as inundações foram devastadoras”.

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
PortugalSociedade

Portugal dá apoio de emergências a populações afetadas pelas cheias em Timor-Leste

PolíticaSociedade

Díli: Apoios a populações e conectividade são prioridades para o Governo timorense

PolíticaTimor-Leste

Governo timorense declara situação de calamidade em Díli

SociedadeTimor-Leste

Cheias: Número de pessoas deslocadas em Díli aumenta e ultrapassa as 14 mil

Assine nossa Newsletter