Desde 2002 que as famílias não poupavam tanto. Em 2020 atingiu os 12,8% do rendimento disponível - Plataforma Media

Desde 2002 que as famílias não poupavam tanto. Em 2020 atingiu os 12,8% do rendimento disponível

Diminuição do consumo e aumento do rendimento ditaram o aumento da poupança dos portugueses.

Desde o início do século que as famílias portuguesas não poupavam tanto, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) conhecidos esta sexta-feira. Em 2020, a taxa de poupança, medida em proporção do rendimento bruto disponível foi de 12,8%

“No 4º trimestre de 2020 a capacidade de financiamento das Famílias aumentou 1,4 pontos percentuais (p.p.), para 5,9% do PIB, e a taxa de poupança atingiu 12,8% (11,0% no trimestre anterior e 7,1% no final de 2019), sendo necessário recuar a 2002 para encontrar uma taxa de poupança idêntica“, refere o INE.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
LifestyleSociedade

Saiba como pode poupar parte do salário em tempos de pandemia

Assine nossa Newsletter