Virgílio de Fontes Pereira lidera Grupo Parlamentar do MPLA - Plataforma Media

Virgílio de Fontes Pereira lidera Grupo Parlamentar do MPLA

O deputado Virgílio de Fontes Pereira é o novo presidente do Grupo Parlamentar do MPLA, cargo antes exercido pelo deputado Américo Cuononoca.

A decisão saiu ontem da segunda reunião ordinária do Bureau Político, que decorreu no Auditório do Comité Central (Futungo II), em Luanda, orientada pelo presidente do MPLA, João Lourenço.

De acordo com um comunicado distribuído à imprensa no final do encontro, ainda ontem o Bureau Político aprovou a indicação do ex-governador de Benguela, Rui Falcão, para secretário do Bureau Político para a Informação e Propaganda, em substituição de Albino Carlos, que foi indicado para secretário do Bureau Político para a Política Social.

Yolanda Ribeiro dos Santos passa a assumir o cargo de secretária do Bureau Político para a Reforma do Estado, Administração Pública e Autarquias, cargo antes exercido pelo deputado Virgílio de Fontes Pereira.

O Bureau Político analisou a situação política, económica e social do país, congratulando-se com a iniciativa presidencial da revisão pontual da Constituição, com vista a preservar a estabilidade social e consolidar os valores fundamentais do Estado Democrático de Direito.

O órgão de decisão superior do MPLA apreciou a Proposta da Revisão Pontual da Constituição apresentada pelo líder do partido à Assembleia Nacional, visando adequar a Carta Magna ao actual contexto do país, o ajustamento e melhoramento de algumas matérias que não estavam suficientemente tratadas na Constituição, uma melhor arrumação da Lei Suprema e a elevação de outras matérias que anteriormente não possuíam consagração constitucional.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
AngolaPolítica

Portugueses tranquilos com eleições em Angola

AngolaPolítica

CNE entrega credenciais dos fiscais das formações políticas concorrentes

AngolaPolítica

MPLA propõe mulheres para Vice-Presidente e presidente do parlamento

AngolaSociedade

MPLA: Liberdade de imprensa contribui para a formação da consciência crítica

Assine nossa Newsletter