Forbes fez as contas: 423 milhões de euros perdidos por Michael Jordan em 12 meses - Plataforma Media

Forbes fez as contas: 423 milhões de euros perdidos por Michael Jordan em 12 meses

“Forbes” apresenta os cortes substanciais no património do ex-atleta devido à pandemia

De acordo com a “Forbes”, Michael Jordan terá perdido 423 milhões de euros durante os últimos 12 meses.

Tido como o atleta mais rico da história, o ex-basquetebolista terá sofrido um corte substancial em patrocínios e negócios anexos, num reflexo claro da pandemia no mundo empresarial. Com um património líquido de 2,1 mil milhões de dólares em abril de 2020, a revista estima que Jordan tenha agora um património líquido total de 1,6 mil milhões de dólares, isto é cerca de 1,352 milhões de euros.

Leia mais em O Jogo

Related posts
Lifestyle

Uniforme de Jordan usado na universidade é leiloado por 1,3 milhões de dólares americanos

DesportoMundo

Michael Jordan vai apresentar Kobe Bryant em indução ao Hall of Fame

AngolaDesporto

Michael Jordan vai entrar na NASCAR em 2021

DesportoMundo

Daniel Green insiste que não matou pai de Michael Jordan

Assine nossa Newsletter