Crença e cautela. Campeões de 2002 acreditam no fim do jejum leonino - Plataforma Media

Crença e cautela. Campeões de 2002 acreditam no fim do jejum leonino

A oito triunfos de quebrar um ciclo de 19 anos, ninguém dá o título por garantido. André Cruz, Beto e Diogo recordam última vitória na prova, antes da receção ao V. Guimarães, que também foi o adversário na 24.ª jornada dessa época.

Oito vitórias separam, nesta altura, o Sporting do final de um jejum que já vai completar 19 anos. Com 11 jornadas por disputar na Liga portuguesa, a equipa de Rúben Amorim parte para a 24.ª ronda com dez pontos de vantagem sobre o FC Porto, segundo classificado, numa caminhada em que apenas cedeu quatro empates. Ainda assim, o técnico leonino continua a recusar assumir uma candidatura ao título, repetindo semanalmente que o único objetivo “é vencer o próximo jogo”, enquanto o presidente Frederico Varandas apenas se referiu à larga vantagem para considerar que a distância para o terceiro posto permitia pensar que a qualificação para a Liga dos Campeões, meta traçada no início da temporada, estava mais perto de ser conseguida. A consciência das próprias limitações e os exemplos recentes de FC Porto e Benfica que desbarataram avanços significativos (além do próprio Sporting, no primeiro ano de Jorge Jesus) podem ajudar a explicar esta aversão a assumir o favoritismo.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
DesportoPortugal

Sporting campeão europeu de futsal pela segunda vez ao bater FC Barcelona

DesportoPortugal

Inter já comunicou preço de João Mário ao Sporting

DesportoPortugal

Tribunal altera penas no caso do ataque à Academia do Sporting

DesportoPortugal

Muitos elogios a Rúben Amorim e uma certeza: "Liderança do Sporting não é pura sorte"

Assine nossa Newsletter