Justiça do Japão considera inconstitucional barrar casamento gay - Plataforma Media

Justiça do Japão considera inconstitucional barrar casamento gay

Veredito abre precedente jurídico para outras decisões semelhantes, mas casais LGBT demandam lei mais inclusiva

Um tribunal japonês decidiu, nesta quarta-feira (17), que a proibição de casamentos entre pessoas do mesmo sexo é inconstitucional, estabelecendo um precedente jurídico no único país do G7, o grupo das principais economias do mundo, que ainda não reconhece plenamente os direitos da união homoafetiva.

A decisão foi a resposta a uma ação movida por dois casais de homens e um de mulheres que pediam ao governo japonês uma indenização de 1 milhão de ienes (R$ 51,5 mil) pelo sofrimento que passaram ao não poderem oficializar suas uniões.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
Desporto

Japão suspenderá estado de emergência um mês antes dos Jogos de Tóquio

Desporto

Ameaça de expulsão para atletas que violam as regras anticovid em Tóquio

EconomiaMundo

“Semana Dourada” no Japão

MundoSociedade

Escravas sexuais recusam decisão favorável a Japão

Assine nossa Newsletter