Cesta básica fica 33% mais cara sob Bolsonaro, e lista de compras encolhe - Plataforma Media

Cesta básica fica 33% mais cara sob Bolsonaro, e lista de compras encolhe

Auxílio emergencial de R$ 250 compra apenas 39% do conjunto de produtos

Nos dois primeiros anos de governo Jair Bolsonaro (sem partido), a capacidade de compra do brasileiro assalariado encolheu. Entre o início deste ano e o mesmo período em 2019, o preço da cesta básica de alimentos subiu 32,56%

Com R$ 100 em janeiro de 2019, o consumidor saía do supermercado com 11 produtos básicos, como arroz, feijão, açúcar e café e ainda poderia levar 1 quilo de carne de primeira, pão francês e queijo mussarela. Até um pacote de biscoito recheado poderia entrar no carrinho.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Related posts
SociedadeTimor-Leste

Governo timorense aprova cesta básica universal para apoio a cidadãos

BrasilEconomia

Supermercados brasileiros aconselham consumidores a trocar arroz por macarrão

AngolaSociedade

Importação de produtos da cesta básica cai 60 por cento

Assine nossa Newsletter