Foram os mais pobres quem mais pagou a crise provocada pela pandemia - Plataforma Media

Foram os mais pobres quem mais pagou a crise provocada pela pandemia

Com a pandemia, “os mais pobres são os que perderam mais rendimento disponível” conclui relatório dos investigadores da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa.

O “Balanço Social 2020”, publicado esta quarta-feira, por três investigadores da Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa (Nova School of Business & Economics – SBE) sublinha que a pandemia colocou a nu um mercado de trabalho instável.

Susana Peralta, Bruno P. Carvalho e Mariana Esteves argumentam que “o trabalho foi das esferas da vida mais afetadas pela pandemia e os mais vulneráveis, com menos rendimentos, com menos escolaridade ou em situações laborais mais precárias foram os mais afetados”.

Leia mais em TSF

Related posts
EconomiaPortugal

Maioria dos portugueses em situação de pobreza trabalha

AngolaSociedade

A batalha das “zungueiras” na busca pelo sustento

AngolaPolítica

“Pobreza não deve justificar aumento de crimes na família”, diz ministra de Estado

EconomiaMoçambique

Recessão em Moçambique coloca 63,7% da população na pobreza, diz Banco Africano

Assine nossa Newsletter