Marcelo elogia SNS, setores social e privado e espera melhor planeamento - Plataforma Media

Marcelo elogia SNS, setores social e privado e espera melhor planeamento

Marcelo Rebelo de Sousa assinala a passagem de “um ano sobre o primeiro caso de covid-19 em Portugal”.

O Presidente da República considerou esta terça-feira que o SNS e os ​​​​​​​setores social e privado se organizaram de “forma meritória” na resposta à covid-19, evidenciando a sua complementaridade, e espera melhorias na capacidade de planeamento.

Marcelo Rebelo de Sousa transmitiu estas posições através de uma nota publicada esta terça-feira no portal da Presidência da República na Internet, em que assinala a passagem de “um ano sobre o primeiro caso de covid-19 em Portugal”.

“A importância primordial do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e dos seus dedicados profissionais, a complementaridade dos setores social e privado, ficaram claras para o cidadão e para a sociedade, a forma meritória como se organizaram na resposta à pandemia deixou evidente que este é um dos bens maiores de que o país dispõe”, lê-se na mensagem.

Segundo o chefe de Estado, ao longo destes doze meses, “de modo global, o país foi-se ajustando à pandemia, umas vezes mais proativamente outras, infelizmente, mais reativamente”.

“É desejável que, mais do que aprender com o que correu bem, tenhamos, todos nós, a capacidade de retirar lições com o que correu menos bem. Melhorarmos a capacidade de planear e antecipar cenários e respostas, reagirmos de modo mais célere e mais adaptado às circunstâncias, são exemplos de áreas que devem ser alvo da atenção atual e futura de todos nós”, defende.

Marcelo Rebelo de Sousa deixa “uma particular palavra de apreço ao trabalho e empenho desenvolvido pelos profissionais de saúde” e saúda os portugueses em geral pelo modo como “se organizaram e comprometeram na resposta a esta pandemia”.

Leia mais em TSF

Related posts
PolíticaPortugal

Marcelo alerta que Portugal pode estar a um "pequeno passo" da xenofobia

MundoPolítica

Marcelo Rebelo de Sousa diz que "não parece haver vítimas portuguesas nem na Turquia, nem na Síria"

PolíticaPortugal

"A função do Presidente da República é ajudar o Governo a não se pôr a jeito"

PortugalSociedade

Polícia detém suspeito de planear atentado contra Presidente de Portugal

Assine nossa Newsletter