Médicos relatam mais pacientes jovens e graves com Covid nas UTIs - Plataforma Media

Médicos relatam mais pacientes jovens e graves com Covid nas UTIs

Há serviços com mais pessoas internadas nas unidades de terapia intensiva do que nas enfermarias.

No momento em que o aumento de casos de Covid-19 provocam lotação em hospitais públicos e privados do país, médicos relatam uma mudança no perfil desses pacientes nas UTIs. Em geral, estão chegando pessoas mais jovens, entre 30 e 50 anos, mais graves e que demandam mais tempo de terapia intensiva.

Ficam, em média, de dois a cinco dias a mais na UTI em relação aos pacientes com Covid internados nos primeiros meses da pandemia, o que prejudica o giro de leitos.

Alguns serviços já registram mais pacientes nas UTIs do que nas enfermarias, sugerindo maior gravidade dos casos.

A médica intensivista Suzana Lobo, presidente da Amib (Associação de Medicina Intensiva Brasileira), relata que há até bem pouco tempo a relação era de dois pacientes nas enfermarias para um na UTI.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilSociedade

Brasil ultrapassa marca de 23 milhões de casos de infeção de Covid

BrasilSociedade

Brasil desiste de exigir receita médica para vacinar crianças

BrasilSociedade

Levantamento indica 31,7% de infecções pela ómicron em 8 estados

BrasilSociedade

Brasil atinge marca de 320 milhões de vacinas aplicadas

Assine nossa Newsletter